Deixa-te levar pelo caminho certo para que não reclames no futuro achando que o destino pregou-te uma peça.

Antonio Campos

quarta-feira, 12 de maio de 2010

" Borboletas "


alçam voos em cores
asas abertas em sonhos
multi coloridos destinos
nas asas dessas borboletas

pousam flores e doces
beijos que buscam nelas
flores lindas singelas
em breve tempo de vida

Antonio Campos 12/05/10

12 comentários:

  1. O tempo de deixar sua beleza na lembrança de todos...paz.
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  2. Oiiii!
    Adorei ler este poema lindo na Netlog, amigo!
    Obrigada pelo carinho!
    Bjkas, muitas!

    ResponderExcluir
  3. Lisette verdade o tempo suficiente para marcar presença.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Vim lhe fazer uma visitinha. E desejar um ótimo final de semana.
    Bjkas, muuuuuitas!

    ResponderExcluir
  5. Um abraço Sônia bom final de semana.

    ResponderExcluir
  6. Olá, meu amor!!!
    Adorei a sua visita!
    Que a sua semana seja abençoada e cheia de alegrias!
    Bjkas, muuuuitas!

    ResponderExcluir
  7. Voa, voa borboleta
    Mas vê onde vais parar
    O meu amor mora longe
    Não consegues lá chegar!!!

    Mesmo assim se tentares
    Leva-lhe beijos, abraços
    Nessas asas multicores
    Deixando-o com embaraços
    BJO
    Áurea

    ResponderExcluir
  8. O tempo suficiente para deixar lembranças...paz.
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  9. Oi amigo António
    Estou seguindo suas postagens...
    Boa continuação

    Um fortte abraço

    ResponderExcluir
  10. Que coisa mais linda! Muita falta d t ler... Sempre volto a relembrar aqui todas essas jóias raras! Obrigada por esta no meu blog. Saudades meu amigo!

    ResponderExcluir